Jean Wyllys fala em primeira coletiva após deixar o Brasil

O ex-deputado afirmou ainda que não pretende pedir asilo político na Alemanha, país onde planeja permanecer por um tempo. “Tive uma oferta de asilo político por parte do governo francês, mas o asilo político demora um tempo para sair, e há outras pessoas que precisam dele. Para mim, permanecer aqui com visto de estudante e pesquisador é muito melhor”, disse. “O recado político já foi dado. Minha decisão foi um ato de preservação da minha vida e proteção da minha família, mas também um recado ao mundo e uma maneira de deixar de naturalizar o que estava sendo naturalizado no Brasil.”

“Minha saída é mais poderosa que minha permanência”, diz Jean Wyllys

Em Berlim, ex-deputado faz críticas ao governo Bolsonaro e diz que sua partida serviu para atrair os “olhos do mundo democrático” para o Brasil. Ele conta que negou asilo político da França e pretende ficar na Alemanha.

 

o Ex Deputado do PSOL Jean Wyllys em sua primeira coletiva depois de deixar o Brasil, fala sobre sua vida na Europa e descarrega seus mimimis de besteiras! Acusa o Governo Bolsonaro de Ditadura e diz que as instituições democráticas não funcionam..